Terapia

Muito tédio e crise criativa me levaram a crer que eu deveria começar a fazer terapia. Porém, achei uma alternativa melhor: gastar a grana da terapia num curso que me  “obrigue” a desenhar.

O curso é ministrado pelo Eloar Guazzelli, em seu próprio estúdio, num antigo prédio no centro de São Paulo. A infinidade de tipos que por ali transitam fazem a caneta querer desenhar tudo, sem parar! Há meses sem produzir alguma coisa relevante, passar este tempo no estúdio do Guazzelli, ouvindo suas histórias, seguindo seus conselhos e tomando uma sacodida na alma, foi a melhor decisão que tomei nos últimos anos. “Você precisa publicar urgentemente! Chega de ‘obras primas’ inacabadas. Produza algo curto, mas faça até o fim e publique.” Ouvir esse tipo de coisa faz você acordar.

Fizemos alguns exercícios de desenhos de observação, na rua. Neste sábado tem mais.

Anúncios
Esse post foi publicado em rascunhos / sketches. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s